Você Sabia?

Entre 2016 e 2020 a vereadora Rita Della Giustina foi a parlamentar que mais trouxe investimentos para Sapiranga.

Foram mais de 2,5 MILHÕES
em Emendas Parlamentares
para SAPIRANGA

Ações do Mandato
em 2020

Mesmo durante a pandemia o nosso mandato apresentou diversas propostas para melhorar a vida da população sapiranguense. Veja os números:

Desde 2016 tenho sido a vereadora mais atuante na Câmara de Vereadores

+ 0
Projetos de Lei
+ 0
Indicações
+ 0
Pedidos de Informação
+ 0
Pedidos de Providência

Mandato MAIS ATUANTE no Combate ao Coronavírus

Desde o início da Pandemia nosso mandato prestou auxílio para proteção dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus. Para isso, apresentamos diversas indicações visando a proteção desses profissionais.

1

Colocação de tapetes de Sanitização nas entradas dos postos de saúde, UPA e Unidade de Síndromes Gripais

2

Disponibilizar o maior número de EPI's aos profissionais da saúde

3

Testes individuais a todos os profissionais da área da saúde

4

Um estudo que visando a possibilidade de conceder uma gratificação aos profissionais da saúde

5

Disponibilizar EPI's adequados aos profissionais da saúde

6

Disponibilizar um espaço para atendimento 24 horas por dia para casos de Síndromes Gripais

7

Solicitação para criação de um projeto visando a conceção de uma gratificação aos profissionais da saúde

4

Um estudo que visando a possibilidade de conceder uma gratificação aos profissionais da saúde

Nosso mandato NA MÍDIA

Tenho a felicidade de poder te representar, ser a tua voz na Câmara de Vereadores. Nos últimos 4 anos trabalhamos muito, participamos de vários debates importantes e apresentamos diversas propostas para melhorar a vida de todos os sapiranguenses. Confira algumas das matérias sobre o nosso mandato.

Nossas AÇÕES por Sapiranga

Fui autora da LEI MUNICIPAL Nº 6.617/20, que institui o recebimento de comunicação de violência doméstica e familiar contra mulheres por atendentes de farmácia (Máscara Roxa);

Disponibilização de um canal de acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica, com um espaço de escuta, acolhimento e orientação realizada por profissionais das áreas da saúde mental, serviço social e direitos;

Fui autora da LEI MUNICIPAL Nº 6.578/20, que acrescenta evento no calendário: Semana de Combate ao Feminicídio e a Violência Contra a Mulher;

Lutei pela criação da Coordenadoria da Mulher;

Lutei pela reativação da Patrulha Maria da Penha no município através de conversas com o Delegado da cidade e a Chefe de Polícia do Estado;

Fui autora da LEI MUNICIPAL Nº 6.412/20, que dispõe sobre a afixação de avisos com o número do disque denúncia de violência contra a mulher (Disque 180).

Em parceria com o Senador Paulo Paim, trouxe R$ 618 mil reais em emendas parlamentares para a área da saúde, que foram destinadas para o Hospital de Sapiranga;

Solicitei à Câmara de Vereadores a disponibilização de recurso para a compra de uma van, pelo Executivo Municipal;

Criação de uma Central de Ouvidoria para sugestões relacionadas à saúde;

Disponibilização, uma vez por semana de um clínico geral e pediatra na Picada São Jacó;

Sanitização dos espaços públicos e das ruas durante a pandemia;

Estudo de viabilidade para construção de um novo espaço para a USE, através de uma Emenda ao Plano Diretor de 2019;

Criação do Médico do Trabalhador para atendimento nos postos de saúde após às 18h30min;

Solicitei que seja criado um dispositivo de envio de mensagens para pacientes com consulta marcada com o objetivo de diminuir as faltas;

Em parceria com o Deputado Federal Paulo Pimenta, conquistamos mais de R$ 800 mil reais para a saúde, disponibilizados à Secretaria Municipal de Saúde e Hospital de Sapiranga;

Fui autora da LEI MUNICIPAL Nº 6.488/19, que trata da doação voluntária de medicamentos: FARMÁCIA SOLIDÁRIA;

Solicitei ao Poder Executivo a contratação de mais dois médicos para o turno da noite na UPA.

Fiz a solicitação de projeto para garantir 1/3 da hora atividade aos professores do ensino fundamental e educação infantil;

Lutei pela não retirada do vale alimentação dos servidores municipal que estiverem em licença maternidade ou tratamento de saúde e licença prêmio;

Criação de um projeto para auxiliar servidores com créditos acadêmicos;

Lutei para que fosse disponibilizado aos funcionários públicos (merendeiras), cursos de culinária (culinária sustentável, acessível) online. O presente pedido visa auxiliar os funcionários públicos. Assim, as horas em cursos poderão contar como efetividade para que os mesmos não percam o vale alimentação;

Lutei para que se disponibilizasse aos funcionários públicos (serviços gerais, auxiliares e monitores de sala e agentes administrativos) das escolas municipais cursos online de práticas de limpeza e cuidados pós Covid. O presente pedido visa auxiliar os funcionários público e assim as horas em cursos poderão contar como efetividade para que os mesmos não percam o vale alimentação;

Lutei para que se providenciasse a vacina da gripo (Influenza) nos servidores de serviços gerais e merendeiras;

Projeto de qualificação dos servidores municipais para que o mesmo auxilie todos os servidores que estiverem matriculados em curso superior mediante o custeio de créditos acadêmicos;

Lutei pela licença de dias para servidor com filho natimorto (alteração do regime jurídico).

Fui autora do Projeto de Lei 182/2017, que cria a Semana de Acompanhamento Psicológico e Terapêutico às Crianças e Adolescentes nas Escolas Públicas;

Divulgação da lista de espera nas escolas de educação infantil;

Transporte escolar para moradores do Residencial Ferrabraz;

Planejamento em local de livre escolha;

Doação de 20 computadores para o Polo Universitário;

Criação de um programa de pré-vestibular;

Criar um espaço para deixar arquivados os trabalhos premiados da FEMINT;

Colocação das libras no currículo escolar;

Que voltem a ser realizadas as oficinas de teatro, música, dança, banda e atividades esportivas no contra turno escolar;

Emenda modificativa ao Plano Diretor para inclusão da educação ambiental junto às escolas e à comunidade civil;

Lutei pela alteração da carga horária de 22 horas para 20 horas sem prejuízo dos vencimentos;

Lutei pela implantação de 1/3 de hora/atividade;

Lutei pela valorização do curso normal (magistério), para contratação de profissionais que vão atuar com alunos nas escolas;

Pelo reconhecimento no plano de carreira dos cursos de especialização, mestrado e doutorado por níveis de qualificação diferenciados dentro do quadro de pós-graduações.